Um novo começo
Aug18

Um novo começo

No centro educacional Kolping, em Schwandorf, na Alemanha, refugiados e imigrantes de todo o mundo partilham uma sala de aula. Diferentes culturas, problemas do dia-a-dia, e esperanças de um futuro melhor moldam a experiência educativa.

Read More
A experiência de ser au pair
Jul21

A experiência de ser au pair

Tens 18, 25 ou até 30 anos. Queres ver o mundo, viver uma experiência internacional que de certeza te marcará antes de continuares o teu caminho, e o único obstáculo é o preço da aventura. Se além disto tens jeito com crianças, é muito provável que decidas (se não o fizeste já) o mesmo que Esther, Heather, Janika ou Rode: trabalhar como au pair no estrangeiro.

Read More
Existe um choque cultural entre casais de nacionalidades diferentes?
Nov19

Existe um choque cultural entre casais de nacionalidades diferentes?

Casais de diferentes nacionalidades são uma realidade cada vez mais comum em nossa sociedade globalizada. As deslocações para viagens, trabalho e estudos permitem o surgimento de novas relações em que a comunicação e o respeito pelas tradições do parceiro são chaves primordiais para a prosperidade da união. Entretanto, estas pessoas também são vítimas de numerosos problemas, com destaque para os infinitos trâmites burocráticos e a discriminação.

Read More
Meu idioma, minha casa: O Catalão.
Oct29

Meu idioma, minha casa: O Catalão.

Nesta nova série de artigos da Meeting Halfway, “Meu idioma, minha casa”, apresentamos o catalão. Cada língua pertence a uma cultura única, e a uma visão de mundo ligeiramente diferente. Nesta série, nativos de várias regiões europeias nos explicarão o que significa, para eles, o seu idioma e porque é tão importante mantê-lo vivo.

Read More
As minhas duas línguas
Oct27

As minhas duas línguas

Ela sempre gostou de francês. Por esta simples razão, Eva decidiu candidatar-se a uma escola pública bilingue. Esta mesma razão levou-a à universidade, onde está agora a estudar francês. Por mais trivial que soe, há apenas uns anos atrás Eva não fazia ideia do quanto a sua vida havia de mudar.

Read More
Grã-Bretanha ou pequena Bretanha?
Oct22

Grã-Bretanha ou pequena Bretanha?

Os britânicos são conhecidos pela sua falta de conhecimentos linguísticos. De facto, de acordo com uma sondagem publicada pelo Bristish Council, 78% das pessoas no Reino Unido não falam uma língua estrangeira.

Read More
Chamem-lhe Alex, não Alexandru
Oct20

Chamem-lhe Alex, não Alexandru

Alex é um contador de histórias que vive no coração da Transilvânia – ou talvez nos céus! Será romeno? Oficialmente sim, mas…

Read More
A realidade dos espanhóis em Berlim
Oct18

A realidade dos espanhóis em Berlim

Em apenas um ano, o número de imigrantes espanhóis que chegaram à Alemanha duplicou, mas apenas um terço deles consegue superar os primeiros meses de distância. Amaya, Pedro e Pablo contam como é a realidade de um espanhol em Berlim. Olá pessoal! Chego hoje a Berlim, me mudo por tempo indeterminado e não conheço nada, gostaria de encontrar com alguém ou apenas tomar um café, já que estar só é muito ruim. Esta mensagem, escrita por uma...

Read More
“Voltar ao russo não é o mesmo que ao castelhano”
Oct17

“Voltar ao russo não é o mesmo que ao castelhano”

“Voltar ao russo não é o mesmo que ao castelhano / Voltar às duas línguas / Duplamente impossível.” Com estes versos, Natalia Litvinova resume a sua atitude perante a vida como escritora na língua castelhana e tradutora do russo, dois mundos literários que se encontraram por um instante no Meeting Halfway.

Read More
O charme silencioso da linguagem gestual
Oct06

O charme silencioso da linguagem gestual

Encontrei-me com Grigoris e Sofia, duas pessoas que sabem linguagem gestual – o primeiro por necessidade física e a segunda por desejo – para falar sobre os segredos da linguagem gestual.

Read More
css.php

Ao continuar a usar o site, está a concordar com a nossa utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste site são “autorizar cookies” por defeito, para providenciar a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar o site sem mudar as definições, ou se clicar em “Aceitar” abaixo, está a consentir que se mantenha esta definição.

Fechar