Construindo os nossos sonhos

Petros tem 28 anos e é actor de teatro. Há alguns anos atrás, após terminar a sua licenciatura em Finanças, enfrentou um dilema: encontrar um trabalho relacionado com os seus estudos, ou seguir o caminho incerto de actor. Ele escolheu o último. Encontrámo-nos com ele para perceber o que significa perseguir os nossos sonhos.

Petros é fascinado pela magia do teatro desde tenra idade, mas não tentou envolver-se em representação até 2008. Em vez disso, acreditava na ideia de que devemos estudar coisas que nos irão providenciar um futuro “melhor”, independentemente de gostarmos delas ou não. Desenvolver as suas capacidades em matemática e economia parecia-lhe ser a forma mais apropriada de alcançar este futuro, por isso decidiu seguir Finanças. Mas quão melhor poderá ser um futuro baseado no medo? “A certa altura, perguntei-me se queria mesmo viver até aos cinquenta ou sessenta anos, quando estaria a fazer alguma coisa que não gostava só para ganhar a vida, ou se preferia estar a fazer algo que gostasse mesmo apesar do risco de ganhar menos dinheiro.”

Petros

A vida tem uma forma de nos mostrar que caminho escolher. Deu os primeiros passos da sua carreira de actor enquanto estudava Finanças na universidade. Participou num concurso de rádio e ganhou cursos grátis de representação teatral do Grupo de Artistas Ouga Clara. Mas uma vez que não queria ir para a escola de representação e já estava no último ano, Petros decidiu terminar os seus estudos para ter um grau académico como reserva.

Contudo, para Petros, o teatro não é apenas um hobby que irá eventualmente ser substituído por outra coisa. O teatro é quase uma necessidade biológica para ele; uma necessidade espiritual e psicológica de experienciar “aquele sentimento que tens quando fazes algo que te realiza, que te completa. Este sentimento não pode ser encontrado em mais nenhum sítio. Tenho-o experienciado desde o nosso primeiro espectáculo com Ouga Clara, quando me encontrei pela primeira vez em frente a todas aquelas pessoas. Senti-o naquela altura e disse a mim próprio que era isto que queria e iria fazer.”

Petros

Enquanto Petros completava o seu workshop de teatro, a sua família pensava que este era apenas um passatempo. Não se aperceberam da sua importância na sua vida: “Sempre souberam que o teatro me fascinava, mas pensavam que eu não o levava a sério até que me viram pela primeira vez numa peça para crianças.” Foi aí que perceberam que Petros encontrara o que procurava e desde então que “estão completamente de acordo e me apoiam. Vêm a todos os espectáculos que faço.”

Apoio psicológico e reconhecimento são muito importantes para Petros, especialmente quando se trata da sua família e amigos, porque às vezes “os nossos sonhos não são aceites por todos e normalmente a aceitação daqueles que nos são mais próximos é mais importante. Tenho ouvido muitos dos meus amigos a queixarem-se de que não nos vemos tantas vezes. Mas não posso fazer isto de outra forma.” Os seus amigos apoiam-no, contudo, e alguns deles até fanaticamente, como o seu amigo Niko, que já assistiu à sua representação na mesma peça nove vezes. “É muito comovente e inspirador ver alguém familiar, seja amigo ou família.”

Petros

Hoje, Petros está no teatro todo o dia, sete dias por semanas, excepto quando está a dormir. Embora até aí a sua mente esteja com a sua paixão, representar. O seu horário, que está a ser preenchido rapidamente, inclui actualmenta uma peça infantil na qual representa durante a semana, dois espectáculos nocturnos e workshops de teatro para crianças em três lugares diferentes, incluindo um fora de Thessaloniki. “O ritmo é mesmo maluco, mas estou feliz com a minha decisão de fazer algo que adoro. Claro que em algumas fases, quando as coisas se tornam difíceis, reconsidero, mas há sempre algo dentro de ti que te mantém firme e obriga-se a continuar.”

Petros está completamente consciente de que não escolheu um caminho fácil, não há atalhos e desvios. Há apenas uma única estrada para perseguir o seu sonho, que não é certamente coberta a rosas: “Eu acredito que seguir o teu sonho muitas vezes significa ir pelo caminho mais difícil. Perseguir o teu sonho, qualquer que seja, significa sacrificares-te e significa dificuldades. Requer persistência e muito trabalho. Causa stress e é muito frustrante e cansativo, mas no final acaba por compensar. O gosto doce que te deixa no final faz tudo o resto valer a pena.

Petros

Mas então e sobre o sustento? Não interessa quão o odiamos, o dinheiro é uma ferramenta indispensável nas sociedades em que vivemos. Consegue o Petros financiar todas as coisas que faz? “É difícil dizer se consigo sustentar-me com o que faço. Posso dizer que todos os anos a situação melhora e faço mais coisas. Quanto mais trabalhares, mais chegas ao ponto em dizes, certo, agora consigo sobreviver com isto. Mais ainda é demasiado cedo para dizer que consigo ganhar a vida. Ainda estou no processo de sobreviver, de tentar cobrir as minhas necessidades básicas.”

Ele está totalmente comprometido com o seu objectivo e dedica horas incontáveis ao que adora fazer. Por um lado, isto pode absorvê-lo como uma esponja, mas por outro fá-lo aperceber-se e apreciar as coisas simples da vida. Coisas que costumamos tomar por adquiridas, mas que consistem na chave para a felicidade. Porque a felicidade para ele é simplesmente “sair com os amigos, de quem sinto imensa falta devido ao meu plano exaustivo, ou estar com a família ou com a namorada e passar tempo juntos. Para mim, a felicidade está escondida nas coisas muito simples, em pequenos momentos quoditianos.”

Petros

A história de Petros mostra que, se trabalhares no duro, o resto virá. E o seu conselho para aqueles que querem seguir os seus sonhos é “escolher um sonho de cada vez. Vais encontrar muitas dificuldades e muitos obstáculos. É uma decisão que tens de adoptar completamente dentro de ti e trabalhar para ela com toda a fé. O sonho requer fé. Para alcanaçr um ponto satisfatório tens de estar totalmente focado no objectivo que colocaste para ti próprio. Quaisquer que sejam os problemas que enfrentes, deves sempre saber que irás lutar para superá-los. Irás ficas cansado e irás suar, mas tem a certeza que eventualmente irás superar os teus problemas e conseguir viver a vida que querer.

[crp]

Autor

Yiorgos Toumanidis (Grécia)

Estuda/trabalha: Estudos de Cultura Europeia, Escrita Dramática e Creativa

Fala: Grego, Espanhol, Inglês

A Europa é: uma grande mistura de culturas que tem de ser abanada da maneira certa

Tradução

Margarida Catela (Portugal)

Revisão

Mariana de Araújo (Portugal)

This post is also available in Català, Deutsch, English, Español, Français, Italiano, Malti, Română, [Main Site] and Ελληνικά.

Author: mariana

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

css.php

Ao continuar a usar o site, está a concordar com a nossa utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste site são “autorizar cookies” por defeito, para providenciar a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar o site sem mudar as definições, ou se clicar em “Aceitar” abaixo, está a consentir que se mantenha esta definição.

Fechar